V.N. de Santo André: Festival da Enguia da Lagoa de Santo André repete sucesso e consolida crescimento

0

O 3.º Festival da Enguia da Lagoa de Santo André, organizado pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém, com o apoio da Junta de Freguesia de Santo André, entre os dias 20 e 29 de janeiro, voltou a superar as melhores expectativas e contou com a presença de milhares de pessoas, oriundas de vários pontos do país e outra vez da vizinha Espanha, que esgotaram os restaurantes aderentes e não quiseram perder a oportunidade de degustar uma iguaria que cada vez mais reúne consenso na sua qualidade.

“É indiscutível o sucesso da iniciativa, uma vez mais. Daquilo que vi – e também muita gente já falou comigo, inclusive alguns proprietários de restaurantes – o balanço é claramente positivo, em particular nos fins-de-semana, o que é normal, mas mesmo durante a semana houve um acréscimo de clientes muito grande em relação àquilo que é a normalidade dos restaurantes fora do Festival”, sublinha Álvaro Beijinha, Presidente da CMSC.

“Esse era um dos principais objetivos, ou seja, a capacidade de atrair pessoas ao nosso Município, em particular à freguesia de Santo André. Isso foi claramente alcançado”. Acorreram aos restaurantes aderentes “pessoas de vários pontos do país, que vieram propositadamente comer a enguia. Uma vez mais também contámos com a comunicação social, em particular as televisões, que dão sempre uma visibilidade muito grande”.

“Outro objetivo é a promoção da restauração local e desta iguaria que é a enguia, muito própria da Lagoa de Santo André”, destaca o Presidente da CMSC, havendo “um efeito muito além daquilo que é o Festival em si. Estes 10 dias são muito importantes, mas mais ainda é as pessoas gostarem, apreciarem e durante o ano regressarem e trazerem amigos e familiares.

É muito importante que toda esta massa humana que vem cá, nestes 10 dias, possa ficar apaixonada por esta restauração e por esta iguaria em particular e possa vir, durante todo o ano, comer as enguias, o peixe fresco, ou outros pratos”.

Álvaro Beijinha congratula-se com “mais um sucesso”, recordando que “tem sido assim desde a 1.ª edição. Da parte da CMSC estamos claramente satisfeitos e acreditamos que os 12 restaurantes também. É uma forma de promover a restauração e a gastronomia local, bem como de promover o Município”.

Jaime Cáceres, Presidente da Junta de Freguesia de Santo André, fala igualmente de “um grande sucesso para a freguesia de Santo André, para o Município e para a Região”, valorizando “uma mostra gastronómica com o melhor produto que nós temos e que é da Lagoa, da Reserva Natural, que é a enguia, considerada por muitos como uma das melhores do Mundo”. Por outro lado, realça Jaime Cáceres, com esta iniciativa “a Câmara e a Junta proporcionam o desenvolvimento económico e turístico local, dando um suplemento, em época baixa, a muitos dos restaurantes da freguesia de Santo André, num total de 12 que aderiram”. O Presidente da JFSA destaca ainda o facto de o Festival trazer “muita gente à freguesia de Santo André e ao Município”.

Enguias fritas e grelhadas, ensopado de enguias, caldeirada de enguias, ou cataplana de enguias, foram alguns dos pratos que os doze restaurantes aderentes disponibilizaram nos dez dias do Festival. A iniciativa não tinha qualquer caráter competitivo, nem pressupunha qualquer classificação entre os participantes, que estiveram única e exclusivamente focados em dar a conhecer aquele que é, cada vez mais, considerado um orgulho da gastronomia local.

Deixar uma resposta

Share This