V.N. Santo André: Terminou com “balanço positivo” o 1.º Festival Gastronómico da Lagoa de Santo André

0

O Festival de Gastronomia da Lagoa de Santo André, que se realizou entre 30 de outubro e 1 de novembro, terminou com um balanço muito positivo a todos os níveis. A organização esteve a cargo da Junta de Freguesia de Santo André e contou com o apoio, entre outras entidades, da Câmara Municipal de Santiago do Cacém.

Nem a chuva afastou os milhares de visitantes que, ao longo do fim de semana, não perderam a oportunidade de provar alguns dos pratos característicos da região, assentes nos sabores da lagoa, do mar e da terra, complementados por uma animação cultural centrada, na sua maioria, em artistas da região. O programa contou, entre outras atuações, com um Encontro de Acordeonistas (com mais de duas dezenas de artistas a subirem ao palco), cante alentejano e uma noite de fados.

Cantinho dos Sabores, Cascalheira, Charrua, Chez Daniel e Mercado à Mesa foram os cinco restaurantes participantes, que despertaram paladares ao longo dos três dias. Terra e Mar (bifinhos do lombo com camarão), chanfana de pato com batata-doce, espetada de polvo com gambas, massinha de tainha da Lagoa, ou uma seleção de carnes de porco preto, foram algumas das iguarias servidas ao longo dos três dias, complementadas por um serviço de bebidas espirituosas (Fragateira Bar), pão caseiro e pastelaria tradicional (Maria Mercearia), exposição e venda de doces, licores e frutas, bem como petiscos ao longo de todo o fim de semana, que asseguraram uma diversidade muito elogiada na oferta gastronómica.

A iniciativa surgiu “na sequência de uma candidatura efetuada pela Junta de Freguesia a fundos comunitários, tendo em vista a valorização do sítio piscatório da Lagoa de Santo André e a projeção da freguesia, do município e da região em termos económicos e turísticos”, sublinha Jaime Cáceres, Presidente da Junta de Freguesia de Santo André, objectivos esses que foram “amplamente alcançados”. O Presidente da CMSC, Álvaro Beijinha, destacou o “desafio ambicioso” a que a Junta de Freguesia se propôs, que acabou por redundar num “grande sucesso”, reforçando ainda o “património gastronómico fortíssimo do nosso Município”.

Deixar uma resposta

Share This