Vasco da Gama jogou ontem sobre protesto frente ao Cova da Piedade B

0

O Vasco da Gama jogou ontem sobre protesto frente ao Cova da Piedade B, por alteração do campo sem qualquer informação por parte da Associação de Futebol de Setúbal, entidade responsável pela organização da competição.

A informação disponível na página da A.F. Setúbal indicava que o jogo se realizava no relvado do Estádio Municipal José Martins Vieira, mas quando a equipa siniense, a equipa de arbitragem e a equipa de reportagem da Rádio Sines chegou ao campo indicado, foram informados que o jogo se realizava no sintético do Campo Rocha Lobo, no Monte da Caparica.

De referir que, segundo apurámos, a associação não informou ninguém, nem o clube visitante, nem a equipa de arbitragem e nem quem atualiza a sua própria página.

Quanto à comunicação social regional, a associação continua a ignorar o trabalho realizado pela Rádio Sines ao longo dos últimos 30 anos na divulgação do futebol no distrito de Setúbal e principalmente no Litoral Alentejano.

Publicamos na íntegra a mensagem deixada pelo Vasco da Gama de Sines na sua página no facebook.

“O Vasco da Gama Atlético Clube jogará hoje contra o Cova da Piedade B sobre protesto depois da Associação Futebol de Setúbal ter alterado o campo de jogo sem conhecimento do Vasco da Gama. O jogo seria no Estádio José Martins Vieira, relvado natural, e foi mudado sem conhecimento para o campo do Monte da Caparica, relvado sintético. O Vasco da Gama foi avisado quando chegou ao Estádio José Martins Vieira. Os nossos jogadores vinham preparados para relvado natural com chuteiras de pitons de alumínio e alguns jogadores jogarão de ténis e outros terão que trocar de botas com o jogador que sair, aquando da substituição. Assim vai o nosso futebol e o respeito pelo Vasco da Gama. Honraremos o nosso Símbolo e a nossa cidade o melhor que pudermos.”

Aguarda-se agora a posição da Associação de futebol de Setúbal.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This