Alunas de Odemira premiadas no 26º Concurso para Jovens Cientistas / 12ª Mostra Nacional de Ciência

0

As jovens Patrícia Silva, Sophie Lenehan e Inês Oliveira, alunas da Escola Secundária Dr. Manuel Candeias Gonçalves, de Odemira, receberam dois importantes prémios no 26º Concurso para Jovens Cientistas e 12ª Mostra Nacional de Ciência. As jovens conquistaram o prémio LIPOR, atribuído ao melhor prémio na área do ambiente, e a participação na Feira INTEL ISEF, que decorrerá na cidade de Phoenix, Arizona, nos Estados Unidos da América.

As alunas de Odemira participaram com o projeto “Tenebrio molitor como biorreator para degradação de polímeros sintéticos”, pretendendo contribuir para a possível utilização de larvas do inseto Tenebrio molitor (tenébrio) na reciclagem de resíduos de poliestireno a nível industrial.

Participaram também na Mostra de Ciência (sendo portanto selecionados entre os 100 melhores projetos a nível nacional), os alunos Alexandre Reis, Markus Lenehan e Tiago Gamito, da Escola Secundária Dr. Manuel Candeias Gonçalves, de Odemira, com o projeto “Controlo biológico da infestante agrícola Cyperus rotundus”.

O 26º Concurso para Jovens Cientistas e 12ª Mostra Nacional de Ciência decorreram entre os dias 31 de maio e 2 de junho, na Alfândega do Porto, numa iniciativa organizada pela Fundação da Juventude com a Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica e a Câmara Municipal do Porto. A Mostra envolveu 265 jovens, coordenados por 64 professores, de 41 estabelecimentos de ensino, que deram a conhecer os seus projetos aos visitantes e a um júri especializado que os irá avaliar.

Bioeconomia, Biologia, Ciências da Terra, Ciências do Ambiente, Ciências Médicas, Ciências Sociais, Economia, Engenharias, Física, Informática e Ciências da Computação, Matemática e Química foram as categorias dos 100 melhores projetos em exibição.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This