Câmara Municipal assina protocolos para a execução e gestão de campo sintético em Cercal do Alentejo

0

Álvaro Beijinha, Presidente da Câmara Municipal, e João Ludovico, Presidente da Sociedade Juventude Cercalense, assinaram os dois documentos, numa cerimónia que contou também com a presença do Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Jaime Cáceres e do Presidente da Junta de Freguesia do Cercal do Alentejo, António Albino. O acordo tem por objetivo a intervenção no Campo de Futebol da Boa Vontade e o protocolo estabelece as condições da gestão do campo, propriedade da Casa do Povo do Cercal do Alentejo, cedido ao Município mediante contrato de comodato por um período de 30 anos.

É um marco muito importante para o clube, para a Freguesia do Cercal do Alentejo e para o Município, como refere Álvaro Beijinha, “uma vez que a Sociedade Juventude Cercalense há muito que ambicionava ter o campo com relvado sintético e prende-se também com a política da Câmara Municipal tem vindo a desenvolver no investimento em equipamentos desportivos”.

A Câmara Municipal assume, com este acordo, um investimento de 130 mil euros e “o clube vai ter de conseguir formas de apoio para o restante valor do sintético.

A direção da Juventude Cercalense já está no terreno, os trabalhos de preparação do campo já iniciaram, para que na próxima época desportiva este esteja a funcionar.

Uma das condições para a concretização do sintético é o clube ter uma aposta séria na formação, porque a nossa política é incentivar cada vez mais a prática desportiva junto dos mais novos”, acrescenta Álvaro Beijinha.

Recorde-se que foram protocolados, em idênticas condições, a concretização de sintéticos em campos municipais que se encontram em funcionamento, com o União Sport Club em 2015 e com o Estrela de Santo André e o Futebol Clube Alvaladense em 2017.

Os protocolos assinados fazem justiça a uma ideia muito antiga da Sociedade Juventude Cercalense em melhorar o Campo da Boa Vontade. João Ludovico diz que com este acordo “queremos implementar uma dinâmica muito grande ao nível das camadas jovens e uma vez que à nossa volta praticamente todos os campos de futebol são relvados, isso trazia-nos dificuldades em captar os mais novos e até os seniores e veteranos. É uma melhoria muito significativa para o nosso campo, com este grande apoio da Câmara Municipal e também da Junta de Freguesia, para além das obras de preparação do campo o clube tem de investir em equipamentos e noutras obras de melhoramento”. O clube vai iniciar um conjunto de iniciativas com vista a angariação de fundo para a concretização da obra que se espera ser inaugurada no final de setembro “já com o aumento das equipas de formação de duas para quatro, uma vez que já temos muitos miúdos inscritos”, revela João Ludovico.

A intervenção agora protocolada vai trazer, além da melhoria nas condições para a prática desportiva, mais benefícios para os atletas no que respeita à frequência de treinos e à disponibilidade de espaço útil para os mesmos e para o reforço das camadas de formação. O equipamento poderá ser usufruído, também, pela população em geral, através de uma utilização devidamente programada e articulada, que está devidamente acautelada no protocolo de gestão do campo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.