CGTP apela ao diálogo entre a Galp e os trabalhadores em greve há 43 dias em Sines

0

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, criticou hoje a postura da administração da Galp Energia e apelou ao “diálogo” com os sindicatos para resolver o conflito com os trabalhadores que estão em greve há 43 dias consecutivos.

“Porque razão é que a Galp continua a manter este conflito quando o pode resolver pela via do diálogo e da negociação”, questionou Arménio Carlos, que se juntou hoje a uma concentração de trabalhadores junto à portaria principal da refinaria de Sines da Petrogal.

Em declarações aos jornalistas, o secretário-geral da CGTP lembrou que a greve dos trabalhadores “em defesa da contratação coletiva, pela manutenção dos direitos laborais e sociais e contra a repressão” já conduziu a “uma redução de 36 milhões de euros nas exportações” da empresa.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.