Colisão provoca a morte a ciclista no IC 33 no concelho de Grândola

7

Um ciclista morreu esta tarde vitima da colisão entre a bicicleta que conduzia e um automóvel no Itinerário Complementar (IC) 33, perto da saída para Melides, no concelho de Grândola.

A colisão provocou ainda ferimentos ligeiros no condutor da viatura automóvel.

A vítima mortal que residia em Grândola, é um homem com cerca de 45 anos, que conduzia o velocípede, tendo o óbito sido declarado no local pelo médico da viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital do Litoral Alentejano (HLA).

O ferido ligeiro foi transportado para o Hospital do Litoral Alentejano pelos Bombeiros de Santiago do Cacém, enquanto que o corpo da vítima mortal foi encaminhado para o serviço de Medicina Legal da mesma unidade hospitalar.

O alerta para o acidente foi dado cerca das 15h12, tendo sido mobilizados para o local operacionais e veículos dos Bombeiros Voluntários de Grândola e a VMER do HLA, além da GNR que tomou conta da ocorrência.

Discussão7 comentários

  1. Mais um assassinato. E tratado como se fosse normal. Até pelos jornalistas. Mais um filho da luta a ter licença para matar.

  2. Se os automobilistas de enfaixam nos camiões, por que razão havemos de pensar que isso não aconteça com bicicletas. É claro que é uma perda a vida do ciclista mas seria perfeitamente evitável se escolhessem outras estradas menos movimentadas.

    • Ainda recentemente morreu um ciclista numa dessas outras estradas que o sr. Indica.
      E que tal se houvesse mais respeito pelos ciclistas!!!

    • O Sr. David devia era andar a pé, é por causa dessa mentalidade que este tipo de acidentes continuam a acontecer. As estradas são dos automóveis não é, até chegar á traseira de um qualquer trator, camião, ou carro da GNR. Aposto que se fosse um destes 3 tipos de veículos o condutor ia estar mais atento.
      Passo a informá-lo que o código da estrada é para todos, e a estrada também, e que se não concorda, então entregue a sua carta de condução numa repartição do IMT.
      É por causa de mentalidades como a sua que eu fui abandonado numa berma da estrada depois de ter sido atropelado parado num sinal. Reflita, e se fosse um filho seu, ou irmão, ou mesmo um amigo?

  3. Isto não é um jogo do empurra! Acidentes acontecem e há que prevenir com educação na estrada seja carro camião mota bicicleta ou peão. As estradas são perigosas para todos e todos temos de as tornar mais seguras! Mais ciclovias ou medidas de prevenção fazem falta

Responder a Rádio Sines Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.