Feira do Livro de Grândola homenageia escritor Fernando Namora

0

Fernando Namora vai ser homenageado na edição deste ano da Feira do Livro de Grândola (Setúbal), que abre esta sexta-feira, como forma de comemorar o centenário do nascimento do escritor, divulgou hoje o município.

Destinado a promover os livros e fomentar hábitos de leitura, o certame, que vai na 33.ª edição, prolonga-se até ao dia 19 deste mês, com a presença de dezenas de editoras, centenas de livros “para todos os gostos” e um programa cultural com iniciativas de homenagem ao escritor Fernando Namora.

“Destacamos os escritores neorrealistas que tiveram um papel importante, a nível social e político, durante o fascismo e prestamos uma homenagem a Fernando Namora, chamando a atenção para importância destes escritores no combate ao fascismo”, explicou hoje à agência Lusa o presidente da Câmara de Grândola, António Figueira Mendes.

O centenário do nascimento de Fernando Namora vai ser assinalado com a realização do colóquio “Retalhos da Vida de Um Escritor”, no dia 12 deste mês, que vai ter como convidados José Manuel Mendes, presidente da Associação Portuguesa de Escritores, e Fernando Teixeira Batista, autor da primeira tese de doutoramento sobre o escritor.

Após o colóquio, o município de Grândola realiza um “Lanche Namoriano”, que vai oferecer aos participantes, mediante inscrição prévia, “uma ementa criada a partir de referências encontradas na obra do autor”.

“Será à volta da mesa que os participantes vão continuar a conversar sobre literatura, cultura e sobre o escritor, procurando que esta feira não seja apenas uma questão comercial, mas também cultural”, acrescentou o autarca.

Com propostas que vão dos clássicos da literatura às mais recentes novidades do universo das letras, a feira muda-se, este ano, para o Cineteatro Grandolense, devido às obras no edifício da Biblioteca Municipal de Grândola.

“Esperamos que no próximo ano a Feira do Livro se realize na nova Biblioteca com uma outra capacidade de exposição e outro tipo de iniciativas”, realçou.

O programa cultural inclui igualmente sessões de contos para crianças, concertos e um ciclo de cinema com a exibição de vários filmes, como “Se Esta Rua Falasse”, “O Profeta” e “O Dia a Seguir”.

A apresentação dos livros “José Afonso, o Tempo e o Modo”, da autoria de Alcides Bizarro, e “És Meu, Disse Ela”, de José Manuel Ribeiro, líder dos UHF, faz também parte do certame.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.