Festival da Enguia da Lagoa de Santo André para visitar a partir de amanhã e até 3 de fevereiro

0

A enguia criada e capturada na Lagoa de Santo André vai “reinar” nos restaurantes da freguesia de Santo André, no concelho de Santiago do Cacém, a partir de amanhã, sexta-feira, durante um festival que quer promover a iguaria local.

“O festival procura promover a restauração e, em particular, uma iguaria como a enguia, que não é vulgar e que prima pela excelência, porque é capturada numa reserva natural”, realçou hoje o presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, em declarações à agência Lusa.

A 5.ª edição do Festival da Enguia da Lagoa de Santo André, organizado pelo município de Santiago do Cacém, decorre até 03 de fevereiro e, durante dez dias, à mesa dos restaurantes aderentes não vão faltar enguias para todos os gostos.

A iniciativa, que procura igualmente “promover o concelho do ponto de vista turístico”, tem sido “um sucesso desde a primeira edição” e, ano após ano, “tem vindo a crescer com um ‘feedback’ muito positivo por parte dos proprietários dos restaurantes e de quem nos visita”, destacou o autarca.

Com propostas variadas, que vão desde as enguias fritas às grelhadas, do ensopado à caldeirada, de cataplana, “à bulhão pato” ou “à moda da Lagoa”, o festival gastronómico conta com a adesão de 10 restaurantes da costa de Santo André, no litoral alentejano, e coincide com a “época baixa” a nível turístico.

“Podíamos fazer este festival noutra altura do ano em que se pudesse capturar as enguias, como agosto ou setembro, mas entendemos que agora, por se tratar de uma época baixa, os restaurantes precisam de mais clientes”, explicou Álvaro Beijinha.

Desde o início de janeiro, que a comunidade piscatória se dedica quase diariamente à pesca da enguia para fornecer a restauração local, que dá a conhecer, no prato, a razão pela qual a enguia da Lagoa de Santo André “é tão famosa”.

“É um evento que se realiza nos restaurantes, que dão mais qualidade ao produto e têm a grande vantagem das pessoas conhecerem melhor a gastronomia e o serviço dos estabelecimentos locais, fidelizando os clientes”, sublinhou o autarca.

Este ano, além da animação cultural nos restaurantes aderentes, está prevista a realização de um colóquio onde será abordado o tema da valorização dos recursos naturais na Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha (29 de janeiro) e uma visita guiada à costa de Santo André, no dia seguinte, tendo como mote a enguia da Lagoa de Santo André.

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.