Homem de 58 anos foi detido no Cercal do Alentejo por abuso sexual da filha

0

Ficou em prisão preventiva o homem de 58 anos que a Policia Judiciária deteve no Cercal do Alentejo por abusar sexualmente da própria filha, de 10 anos.

O homem, trabalhador rural, já tinha cumpriu pena de cadeia entre 2010 e 2014 pela violação da enteada menor, filha da companheira.

O pedófilo saiu da prisão e ficou sozinho. A mulher separou-se dele e proibiu-lhe o acesso à filha em comum do casal, uma menina agora com 10 anos.

Com o passar dos anos retomaram um relacionamento mais cordial. A mãe acabou por permitir que o homem, de 58 anos, recebesse a filha ocasionalmente.

E, em abril, numa dessas ocasiões, o cadastrado levou a filha para o sótão da casa dos patrões e abusou da menina, sujeitando-a “a variadas práticas de cariz sexual”, descreve a Polícia Judiciária.

Foi a própria vítima – conhecedora do que acontecera à meia-irmã – quem acabou por denunciar o pai, descrevendo à mãe, com pormenores, os abusos de que foi vítima.

A mulher contactou as autoridades e a PJ de Setúbal começou a investigar as alegações. A menina foi ouvida para memória futura e o pai, trabalhador rural no Cercal do Alentejo, foi agora detido.

Os inspectores apresentaram-no esta quarta-feira ao Tribunal de Santiago do Cacém. O pedófilo reincidente ficou em prisão preventiva e foi enviado para a cadeia.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.