Milhares de foliões esperados no Carnaval de Sines numa homenagem ao pescador

0

Milhares de foliões são esperados no Carnaval de Sines, no litoral alentejano, entre sexta e terça-feira, que este ano presta homenagem ao pescador e inclui desfiles e uma noite matrafona no centro histórico da cidade.

Com um orçamento de cerca de 50 mil euros, o Carnaval de Sines, no distrito de Setúbal, vai contar com a participação de quatro escolas de samba, 17 carros alegóricos, 30 grupos alegóricos e foliões, gigantones, cabeçudos e matrafonas que vão desfilar a rigor.

“Este ano, temos 17 carros construídos de raiz e cerca de 1.200 foliões, no domingo e na terça-feira de Carnaval, mas prevemos que o número suba até aos 2.500 foliões, na noite de segunda-feira, com a grande envolvência de toda a cidade e de quem nos visita”, disse hoje à agência Lusa o presidente da Associação de Carnaval de Sines, Rui Encarnação.

O corso carnavalesco, o “ex-líbris” do Carnaval de Sines, vai sair à rua, na avenida General Humberto Delgado, nas tardes de domingo e de terça-feira, às 15:30, e na noite de segunda-feira, às 21:00, ao som do samba criado pelo grupo local Skabalá Tuka.

“Caminhamos para os 100 anos de uma festa que faz parte do povo, mas os jovens devem abraçar mais esta causa do associativismo para não deixarmos perder a grande festa siniense”, apelou o dirigente, que há dois anos preside à organização da festa pagã, que se realiza desde 1926, em Sines.

Outro dos destaques vai para uma das principais escolas de samba do Carnaval de Sines, que, este ano, assinala 25 anos de presença nos desfiles e para o grupo Skabalá Tuka, responsável pelo samba enredo deste ano, intitulado “O Sonho do Pescador”.

“Além do samba enredo, que presta homenagem ao pescador de Sines, a decoração e a iluminação das ruas, assim como alguns dos fatos de Carnaval, são inteiramente dedicados aos homens do mar, que têm uma grande importância no nosso concelho”, explicou.

As escolas de samba “também engordaram” e, segundo Rui Encarnação, “algumas das formações” que vão desfilar, pelo ‘sambódromo’ de Sines, “vão ter entre 50 e 100 elementos”.

A “sátira à política local” e “ao Cristiano Ronaldo” vão “surgir no desfile”, tendo os obreiros do Carnaval de Sines optado igualmente “por carros dedicados à [série televisiva] Guerra dos Tronos e a temas mais abstratos”.

A folia começa esta sexta-feira, às 10:00, com a 28.ª edição do desfile do Carnaval dos Pequeninos, na avenida General Humberto Delgado, onde são esperados milhares de crianças das escolas e infantários do concelho, numa organização da Junta de Freguesia de Sines.

À noite, as ruas do centro histórico “enchem-se de matrafonas”, a cargo do grupo Ferro e Fogo, dando início às festividades com a animação musical do grupo Skabalá Tuka.

No sábado, pela manhã, os reis do Carnaval de Sines são apresentados à população, numa “cerimónia” que terá lugar junto ao castelo da cidade, seguido de um desfile para “cumprimentos aos súbditos” pelas ruas do centro histórico.

A tarde é preenchida com um Baile de Máscaras Sénior, às 15:00, no Salão do Povo, em Sines, organizado pela Junta de Freguesia de Sines.

A noite de sábado termina com mais música, com o Baile da Matrafona, a cargo de DJ, no Pavilhão Municipal dos Desportos.

No programa, o desporto também não é esquecido, estando prevista uma partida de “Futebol Trapalhão”, às 16:00 de segunda-feira, no Estádio Municipal de Sines.

As noites de domingo, segunda e terça-feira terminam com o tradicional “Baile de Carnaval”, no Pavilhão Municipal.

Na quarta-feira, a festa acaba com o tradicional “Enterro do Entrudo”.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This