Município de Santiago do Cacém nos “Caminhos de Santiago” aposta em novos mercados turísticos

0

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém e a Entidade Regional do Turismo do Alentejo e Ribatejo firmaram um protocolo de colaboração, para dinamizar e promover o produto turístico “Caminhos de Santiago” no território do concelho.

A formalização da parceria aconteceu durante a inauguração da 31ª Santiagro – Feira Agropecuária e do Cavalo de Santiago do Cacém, que decorreu de 31 de maio a 03 de junho no parque de feiras e exposições municipal.

O protocolo tem como objetivo a colaboração entre as duas entidades na implementação do produto turístico “Caminhos de Santiago”, ao estabelecer sinergias na identificação e levantamento dos troços, para fins de circulação pedonal e BTT, e de pontos de interesse e recursos logísticos de apoio como alojamentos, restauração, mercados e assistência.

António Ceia da Silva, presidente da entidade, sublinhou a importância da presença do município de Santiago do Cacém neste projeto, pois “tem motivos históricos muito profundos para estar ligado a Santiago de Compostela.” Destacou ainda que estes são os caminhos “que estão na lista dos 22 bens da UNESCO.”

Foram traçados três caminhos. O Caminho Central que liga os municípios de Almodôvar, Castro Verde, Ourique, Odemira, Santiago do Cacém, Sines, Grândola, Alcácer do Sal, Vendas Novas, Azambuja, Cartaxo, Santarém e Golegã. O Caminho Central Alternativo desde Landeira via Benavente – Porto Alto, Samora Correia e seguindo pelos municípios de Salvaterra de Magos e Almeirim. O Caminho Nascente que passa por Mértola, Beja, Cuba, Viana do Alentejo, Évora, Arraiolos, Alter do Chão. Estremoz, Sousel, Fronteira, Crato e Nisa.

Quanto ao valor turístico dos “Caminhos de Santiago” o responsável da Entidade Regional do Turismo do Alentejo e Ribatejo traça o perfil de um visitante cada vez “mais exigente.” Destacando ainda que este é um produto anti sazonal, “capaz de atrair novos segmentos de mercado criando mais riqueza para as instituições locais.”

O produto turístico “Caminhos de Santiago” resulta do projeto presentemente a ser desenvolvido pela Entidade Regional do Turismo do Alentejo e Ribatejo, no âmbito do seu território de ação, cuja candidatura foi aprovada pelo Programa Operacional Regional Alentejo 2020.

Deixar uma resposta

Share This