António Figueira Mendes, Administrador de empresas, é natural da Freguesia de Azinheira dos Barros – concelho de Grândola.

É presidente da Câmara Municipal de Grândola desde outubro de 2013 - Um cargo que já tinha desempenhado entre 1976 e 1989. 

Segundo o comunicado enviado à Rádio Sines, "no atual mandato tem os pelouros de Coordenação Geral da Atividade da Câmara, Planeamento Estratégico e do Território, Projetos, Urbanismo, Comunicação e Protocolo, Área Jurídica e Desenvolvimento Económico".

É Vice-Presidente da CIMAL - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral e da Comissão Permanente do Conselho Regional da CCDR Alentejo.

A CDU considera que o seu trabalho autárquico, realizado em dois momentos distintos (1976-1989 e 2013 até ao presente) "pautou-se sempre pela determinação, coragem, competência e honestidade – em prol do desenvolvimento do Concelho e da melhoria da qualidade de vida da população. A obra feita e o trabalho realizado são inquestionáveis e demonstram toda a sua competência para continuar a liderar os destinos do concelho de Grândola".

Do extenso currículo destaca-se "a participação na criação das Associações de Municípios dos Distritos de Beja, Setúbal e Litoral Alentejano. Foi membro da Comissão Executiva da Associação de Municípios do Distrito de Setúbal, Presidente do Conselho de Administração da Associação dos Municípios do Litoral Alentejano e Administrador-delegado, membro da Comissão Constituinte e do Conselho Geral da Associação Nacional de Municípios Portugueses. Participou na criação da Região de Turismo de Setúbal - Costa Azul, sendo, desde sempre, membro da sua Comissão Executiva".

António Figueira Mendes é militante do Partido Comunista Português desde 1959.