A cerimónia contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa e da ministra da Saúde, Marta Temido.

As novas instalações do Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), representa um investimento total de 2,4 milhões de euros, e vai servir uma população de cerca de 100 mil habitantes dos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira.

As obras de ampliação arrancaram em janeiro de 2018 e garantem mais camas de observação, uma sala ampla para tratamento fisioterapêutico, duas salas de pequena cirurgia, totalmente equipadas, uma sala para a área de ortopedia, gabinetes de consulta e um espaço para o serviço social.

Uma obra muito desejada pela população e pelos autarcas.