Parecer desfavorável do PNSACV leva ao cancelamento do fogo de artificio em Porto Covo

0

Um “parecer desfavorável” emitido pelo Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina levou a Junta de Freguesia de Porto Covo a cancelar o espetáculo de fogo de artificio que estava previsto para amanhã à noite, no programa das Festas Tradicionais de 2018.

Segundo um comunicado emitido pela Junta de Freguesia, o parecer desfavorável emitido pelo Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, tem por base o facto do local de lançamento do logo de artificio estar situado numa zona de “Proteção Parcial tipo I que salvaguarda os valores naturais e paisagísticos, a perturbação da fauna e flora e também devido ao facto do mesmo se realizar dentro do período critico de incêndios florestais”.

A Junta de Freguesia apresentou uma reclamação face ao indeferimento, considerando que “o local de lançamento do fogo é o mesmo do ano passado e que estão reunidas todas as condições de segurança exigidas pela lei, sendo todas as condições similares às de anos anteriores”.

Há que salientar que de acordo com o parecer da Proteção Civil de Sines “não existe qualquer restrição ao lançamento de engenhos pirotécnicos para o Distrito de Setúbal – Concelho de Sines – Freguesia de Porto Covo, já que esta zona se encontra no estado de alerta de nível AZUL que é o segundo nível menos grave”, tendo a Junta providenciado todos os meios necessários para a “prevenção de quaisquer ocorrências imprevistas com a solicitação da presença da Proteção Civil e dos Bombeiros de Sines, tal como de todas as entidades com jurisdição na matéria”.

Relativamente é questão da proteção dos valores naturais, nos anos anteriores o parecer do PNSACV foi “favorável baseado nos mesmos argumentos”, por tudo isto a Junta “não compreende este impedimento da realização de um espetáculo tao apreciado por todos e que atrai a Porto Covo centenas de visitantes”.

A Junta de Freguesia termina o comunicado, explicando que “com não obtivemos resposta ao nosso recurso até és 12h00 do dia 29.08.2018, não estão reunidas as condições para obter o resto dos licenciamentos necessários para a realização deste evento em tempo útil”.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This