Pescadores do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina denunciam que defeso do sargo é só para alguns

0

O defeso do sargo no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina começou no dia 1 de fevereiro e termina a 15 de março.

A proibição da captura desta espécie continua, no entanto, a ser só dirigida aos pescadores lúdicos apeados que pescam em cima das falésias.

Os pescadores que usam embarcações ou equipamentos subaquáticos não estão abrangidos por esta paragem biológica. Os pescadores lúdicos consideram que estão a ser discriminados.

“Se existe uma proibição deve ser para todos e não só para alguns. Um pescador que use um barco ou faça caça submarina pode apanhar os sargos que quiser, já o pescador com cana está proibido. Que defeso é este?”, questiona David Rosa, representante das Comissões de Pescadores e População da Costa Portuguesa.

A Secretaria de Estado das Pescas elaborou um esboço de portaria e chegou a admitir o fim do defeso do sargo, mas essa intenção foi chumbada pelo Ministério do Ambiente. Os pescadores lúdicos continuam à espera que governo altere a portaria para que a lei seja igual para todos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This