Região: Festival Internacional de Teatro do Alentejo (FITA) em Santiago do Cacém e Vila Nova de Santo André

0

Está de volta ao Município de Santiago do Cacém o Festival Internacional de Teatro do Alentejo (FITA) nos dias 10, 14 e 15 de março, com entradas gratuitas.

O FITA é o maior Festival de Teatro em Portugal, na área geográfica em que intervém: todo o Alentejo, organizado pela companhia Lendias d’Encantar e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Santiago do Cacém.

Este sábado, 10 de março, o FITA traz ao Auditório da Escola Secundária Padre António Macedo, em Vila Nova de Santo André, pelas 21h30, a “Orlando – Um prólogo” pela Ludmilla Ramalho e Madame Teatro do Brasil. Orlando, aborda temas como solidão, amor, morte e androgenia, tendo como foco de pesquisa do romance “Orlando: Uma Biografia” (1928), de Virginia Woolf. A dramaturgia e a encenação do solo exploram o chamado “fluxo de consciência”, muito usado por Virgínia Woolf, técnica narrativa moderna que apresenta a consciência do personagem de modo ideal, sem interferência do autor/narrador ou de qualquer elemento externo.

No dia 14 de março, o teatro é para os mais pequenos, com sessões às 10h30 e 14h30, no Auditório Municipal António Chainho em Santiago do Cacém. Sobe ao palco a peça “De Cá Para Lá” pelo Teatro Plage. Brinca-se aos animais, cantam-se canções da nossa infância, abre-se uma caixa de onde sai uma bailarina que dança” O Carnaval dos Animais”, dramatizamos o poema “Mãe” de Almada Negreiros. Improvisa-se e dramatiza-se a princesa cisne.

O último dia do FITA acontece, também, no Auditório Municipal António Chainho em Santiago do Cacém a 15 de março, pelas 21h30, com a Companhia Nacional de Dança Contemporânea  do Ministério da Cultura da República Domonicana que apresenta “Defilló”.

Defilló navega pelos múltiplos mundos deste grande pintor [Fernando Peña Defilló], desde a interioridade profunda dos personagens até à dimensão do espaço místico e ontológico; desde a laranja em cima da mesa matinal à evolução do mundo vista como interconexão.

Deixar uma resposta

Share This