Região: Festival Terras sem Sombra de 17 de fevereiro a 8 de julho de 2018

0

O Festival Terras sem Sombra volta em 2018 para partilhar o legado cultural e natural do Alentejo e dar a conhecer um território de identidade ímpar, que se afirma como um notável destino de arte e natureza.

Aproximando o Distante: Tradição e Vanguarda na Música Europeia (Séculos XVI-XXI) é o mote desta 14.ª edição, cuja programação presta especial atenção ao facto de que se comemora em 2018 o Ano Internacional do Património Cultural, efeméride a cujo programa oficial o Terras sem Sombra se associa, a convite do Ministério da Cultura.

Nesta viagem ao conhecimento através da música, a Hungria assume um papel, como protagonista, na atual edição de Terras sem Sombra. São também convidados, em 2018, os Estados Unidos da América e Espanha.

Este ano, o número de concertos aumenta, pela primeira vez, para dez, com a incorporação de novos concelhos, como Barrancos ou Elvas, e o regresso a outros onde a presença do Terras sem Sombra era há muito reclamada, como Mértola e Vidigueira. Assim, os municípios visitados pelo festival este ano são Vidigueira, Sines, Santiago do Cacém, Ferreira do Alentejo, Odemira, Serpa, Mértola, Barrancos, Elvas e Beja, de 17 de fevereiro a 8 de julho.

Fundado em 2003, o projecto Terras sem Sombra é uma iniciativa da sociedade civil.

Tem como promotora a Associação Pedra Angular e resulta de uma parceria entre várias entidades, com destaque para as autarquias.

Deixar uma resposta

Share This