Região: Proposta do PCP para obras urgentes no IC1 aprovada na Assembleia da República

2

Foi ontem, dia 2 de maio, aprovado por unanimidade, o projecto de resolução apresentado pelo PCP na Assembleia da República pela intervenção urgente na recuperação do IC1 – no troço que abrange os concelhos de Alcácer do Sal e Grândola.

O PCP considera que a aprovação desta resolução “é uma vitória de toda a população do Litoral Alentejano, especialmente para a de Alcácer do Sal e Grândola”.

É a consequência da “intensa luta que as populações têm desenvolvido ao longo destes últimos anos pela resolução deste grave problema, luta esta desenvolvida através da Comissão de Utentes do IC1 e sempre com o apoio das autarquias locais de Alcácer do Sal e Grândola”.

A resolução aprovada recomenda ao Governo que promova, com carácter de urgência, as medidas necessárias para garantir que a recuperação e beneficiação do IC1, no troço Alcácer do Sal/Grândola, seja realizada com a máxima rapidez, promovendo as condições de circulação em plena segurança.

O PCP assume que as populações do Litoral Alentejano podem “continuar a contar com o PCP na continuação desta luta até as obras estarem concluídas tal como apela à continuidade da luta em defesa dos seus direitos e das suas justas reivindicações”.

Discussão2 comentários

  1. Finalmente vamos receber o que o diabo (PSD) andou a esquivar-se. Contudo seria também uma graça se o PCP acabasse de vez com a ilegalidade que a GNR ( transito) tem utilizado . nomeadamente, radares dissimulados, apenas com o unico objectivo de CAÇA Á MULTA nesse troço protagonizados por dois 1ª sargentos já por demais conhecidos pelas populações de Grandola e de Alcacer do Sal e que serão muito em breve alvos de uma petição nacional para ser discutido na assembleia da républica o seu afastamento deste distrito como assim perceberem que as COIMAS ao serem passadas tem que obedecer À LEI, ou seja o uso por parte de quem executa a Lei não pode para o efeito, interpretá-la de forma a conspurca-la e utilizar FORMAS E MEIOS ILEGAIS /ILICITOS no sentido do saque, extorsão, esbulho a quem por demais depauperado por desconhecimento vai pagando o que estes senhores entendem. De facto torna-se mais barato pagar a coima do que as taxas judiciais e honorarios de um jurista para que se faça JUSTIÇA.
    A dissimulação de radares moveis e sem o aviso prévio aos condutores É ILEGAL E ANTI-CONSTITUCIONAL.

    BASTA . PONHAM OS RADARES Á VISTA DE TODOS E CUMPRAM A LEI.

  2. De facto , a Radio Sines a permitir-nos declarar e aventar factos, tem sido um veículo de resolução de problemas do n/ do dia a dia . BEM HAJAM.
    Tenho conhecimento por quem circula nessa estrada intransitavel TODOS OS DIAS, que por espanto, admiração e estupefacção, ate comentando com terceiros, A GNR (transito) TEM E BEM COLOCADO O FAMIGERADO RADAR NA LOCALIDADE DE ALBERGARIA (ENTRE GRANDOLA E ALCACER DO SAL) Á VISTA DOS CONDUTORES , E CUMPRIR A LEI.

    ESPEREMOS QUE NÃO SEJA APENAS PARA ACALMAR O ALARIDO SOCIAL E EM ESPAÇO TEMPORAL MAIS TARDIO, VOLTE TUDO DE NOVO.

    ESTAMOS AGORA MAIS ATENTOS E NÃO PERMITIREMOS QUE A GNR VOLTE A UTILIZAR MEIOS ILICITOS COM VISTA APENAS Á CAÇA Á MULTA .

Deixar uma resposta

Share This