Santiago do Cacém: 2.º Encontro de Agentes de Turismo do Município reforça importância do funcionamento em rede

0

A Câmara Municipal organiza, no dia 29 de novembro, o 2.º Encontro de Agentes de Turismo do Município de Santiago do Cacém. Após a 1.ª edição em 2015, o Auditório Municipal António Chainho volta a ser o palco de um amplo debate em torno daquilo que pode reforçar as ligações entre os agentes turísticos locais e regionais, na promoção de um funcionamento em rede e em complementaridade, gerando um conhecimento mais profundo entre profissionais e empresários no ramo da restauração, hotelaria, empresas de animação turística, ou agências de viagem.

O objetivo principal passa, novamente, por “juntar todos os agentes de turismo do nosso Município, quer seja na hotelaria, restauração, empresas de animação turística, ou agências de viagem, no fundo, todos aqueles que contribuem para o dinamismo turístico do nosso Município, para podermos ter um fórum de debate”, destaca Álvaro Beijinha, Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém.

O Encontro vai contar com três painéis ao longo do dia e Álvaro Beijinha faz um convite alargado à participação na iniciativa: “convidamos todos os agentes de turismo do nosso Município e não só. O Encontro está aberto ao público em geral e a outros agentes turísticos, particularmente de concelhos vizinhos”, sublinhando que “o turismo não tem frodo Cacém, pode perfeitamente almoçar aqui, ir jantar a Sines, Grândola, Alcácer do Sal, ou Odemira, ou poderá recorrer a uma empresa de animação turística que proporciona experiências em mais do que um município”, exemplifica o Presidente da CMSC. “O que nós procuramos, com esta iniciativa, é que os agentes turísticos se conheçam uns aos outros e que percebam o que cada um dos seus pares está a fazer no território, para que possam, cada vez mais, agir coordenados e em complementaridade, respondendo cada vez melhor a quem nos procura”.

Álvaro Beijinha assume “uma clara aposta no turismo por parte da CMSC”, sublinhando que “isso tem contribuído, de forma decisiva, para que o Município atraia, cada vez mais, um maior número de turistas”. Dar uma resposta cada vez melhor a quem visita o território é também um objetivo central do Encontro. “Para que possamos ter e prestar um serviço de qualidade a quem nos procura, é importante que os nossos agentes turísticos estejam cada vez mais preparados, sendo importante que todos funcionem em rede”, deixando o desejo para que “não haja uma perspetiva de concorrência, mas sim de complementaridade”, uma vez que o turista que vem visitar Santiago do Cacém, também poderá visitar outros concelhos vizinhos e a região. Por isso, também é importante que agentes turísticos de outros municípios possam vir à nossa iniciativa. Quem fica alojado num hotel em Santiago

Ao voltar a organizar esta iniciativa, “a Câmara Municipal vai também ao encontro desse objetivo primordial que é afirmar, cada vez mais, o Município de Santiago do Cacém e a nossa região – em particular o Alentejo Litoral – como uma zona de excelência. Nós temos muito para oferecer e também devemos ter um serviço de qualidade”, conclui Álvaro Beijinha.

O 2º Encontro de Agentes de Turismo do Município de Santiago do Cacém é também uma oportunidade para todos aqueles que estejam interessados em enveredar, a nível profissional, pelo ramo turístico, constituindo uma oportunidade para ouvir testemunhos e exemplos de agentes e empresas já estabelecidos e consolidados no setor.

A sessão de abertura está marcada para as 9h45 e estará a cargo do Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém; segue-se a intervenção de António Ceia da Silva, Presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo; e de Vítor Silva, Presidente da Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo e Ribatejo. A manhã prossegue a apresentação do filme de Hélder Gonçalves – “Lagoa de Santo André – seguindo-se o primeiro de três painéis, que tem lugar ainda da parte da manhã, com os restantes a estarem reservados para o período da tarde (com início às 14h30). Em todos eles, estarão presentes empresários e agentes de turismo locais, nas mais variadas áreas, que prometem não só dar a conhecer melhor os seus negócios, mas também trazer os “condimentos” necessários para um debate em torno do trabalho em rede e da promoção do turismo no Município e na Região.

Deixar uma resposta

Share This