Santiago do Cacém: Cultura alentejana fez-se ouvir pela voz de mulheres

0

O Auditório Municipal António Chainho, em Santiago do Cacém, recebeu, no dia 5 de março, a iniciativa “Vozes de Mulher – A Cultura Alentejana na Voz das Mulheres”, uma organização do Núcleo de Santiago do Cacém do Movimento Democrático de Mulheres (MDM), que destacou o caminho percorrido pelas mulheres ao longo do século XX e chamou a atenção para os perigos que ameaçam os direitos conquistados.

Um texto e um poema lidos por Ana Zorrinho marcaram o início e o fim da iniciativa, que contou com muita música a cargo de cinco grupos de cante femininos: Orfeão da Associação da Banda Filarmónica Lira Cercalense (Cercal do Alentejo), Grupo Coral As Margaridas de Maio, de Santa Margarida do Sado (Ferreira do Alentejo), Grupo Cantares Feminino do Charrama, do Torrão (Alcácer do Sal), Grupo Coral da Santa Casa da Misericórdia de Santiago do Cacém e Vozes Além Tejo, da freguesia de Santo André (Santiago do Cacém). A

O espectáculo visou comemorar o Dia Internacional da Mulher e contou com as presenças dos Vereadores Norberto Barradas e Margarida Santos, entre outros autarcas.

Deixar uma resposta

Share This