Santiago do Cacém: Obra “Vinte Mil Léguas de Palavras” lançada no sábado (com áudio)

0

Decorreu, no dia 21 de outubro, na Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca em Santiago do Cacém, o lançamento da obra “Vinte Mil Léguas de Palavras” de Luís Cunha, vencedora do XI Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca.

Um livro editado pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém (CMSC) e pelas Edições Colibri. Para além do vencedor do Prémio, marcaram presença o Presidente da Câmara Municipal, Álvaro Beijinha e a representante do júri, Paula Rodrigues.

Luís Cunha, professor na Universidade do Minho e antropólogo, concorreu com o pseudónimo Jóice, em conjunto com mais setenta e duas obras apresentadas a concurso. A coletânea vencedora reúne vinte contos, todos eles com mil palavras.

O vencedor do Prémio, Luís Cunha, agradeceu à autarquia e valorizou o concurso e a importância do mesmo.

O presidente da autarquia, Álvaro Beijinha, recordou Manuel da Fonseca como “figura ilustre da literatura portuguesa, natural de Santigo do Cacém”.

Alvaro Beijinha, congratulou-se com o número de obras a concurso e realçou a importância da edição em papel das obras premiadas, em cada edição, como forma de estimular a leitura e divulgar os livros, numa época em que as novas tecnologias ganham terreno.

Carla Fonseca e Margarida Peredo, técnicas das Bibliotecas Municipais. fizeram uma leitura dramatizada do conto “Espelho Meu” que integra a obra “Vinte Mil Léguas de Palavras”.

Deixar uma resposta

Share This