Sindicato dos Enfermeiros Portuguesas e Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas unem-se à CIMAL pela qualidade de Saúde no Alentejo Litoral

0

“É preocupante a falta de profissionais em todas as áreas que tem levado à exaustão de quem trabalha na ULSLA”, referiu no passado dia 13 de julho Vítor Proença, Presidente da CIMAL, após uma reunião que juntou os municípios do Alentejo Litoral e o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses e o Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas.

O encontro decorreu em Alcácer do Sal e inseriu-se no Roteiro para a Valorização da Saúde, levado a cabo pelos Municípios do Alentejo Litoral no âmbito da CIMAL. Além de Vítor Proença, Presidente da CIMAL e do Município de Alcácer do Sal, esta ação contou também com as presenças de Margarida Santos, Vereadora do Município de Santiago do Cacém, Paula Ledo, Vereadora do Município de Sines e Nuno Pestana, Vereador do Município de Alcácer do Sal. De recordar que os Presidentes de Câmara têm vindo a desenvolver várias ações desde fevereiro, tendo já reunido com empresas e empresários da sub-região, Juntas de Freguesia, Instituições do setor social da sub-região e Comissões de Utentes.

Das preocupações demonstradas pelos representantes sindicais presentes nesta reunião destaca-se o serviço prestado aos utentes, nomeadamente devido às cirurgias e consultas canceladas, ao número de camas encerradas, mas também as condições de trabalho dos funcionários, que devido à exaustão tem levado à ocorrência de várias situações de acidentes de trabalho e lesões musculares.

“Ainda não tivemos conhecimento de qualquer plano de contingência para o Verão nem de quando vamos receber as 10 viaturas que o Senhor Ministro se comprometeu a adquirir”, assinalou Vítor Proença junto dos presentes.

No final do encontro, os Sindicatos mostraram-se completamente disponíveis para colaborar com a CIMAL na defesa de um Sistema Nacional de Saúde digno, nomeadamente na ULSLA.

Deixar uma resposta

Share This