Sines: Celina Arroz lança livro sobre colónia de férias inovadora

0

A professora Celina Arroz lançou, no dia 6 de novembro, no Centro Cultural Emmerico Nunes, um livro de investigação histórica sobre a Colónia Balnear Infantil de Alcoutim, promovida pelo presidente da Câmara daquela localidade algarvia, Artur de Moura, entre 1959 e 1962.

O livro foi apresentado por Mário Zambujal, decano do jornalismo português, que, na altura, ainda um “jovem quase imberbe”, ajudou a divulgar esta “causa nobre” através de um artigo no Jornal do Algarve.

Na sessão de apresentação do livro, Mário Zambujal recordou Alcoutim “num tempo de privações em que as crianças eram as maiores sacrificadas”. Para muitas, assinalou, a colónia de férias criada por Artur de Moura “num esforço romântico” foi a primeira oportunidade para verem o mar.

Celina Arroz referiu-se à criação da colónia de férias como um “acontecimento privilegiado no concelho de Alcoutim”. Passados 55 anos, recuperou esse “tempo marcado por grandes desigualdades sociais” através de entrevistas a 28 pessoas que participaram ou estiveram envolvidas na colónia.

Celina Arroz recorda a preocupação com as crianças “no lugar mais pobre do Algarve”. Artur de Moura criou a colónia de férias, mas também cantinas para os alunos, muitos deles malnutridos. A colónia de férias foi, assinalou, um projeto ao serviço de um objetivo mais amplo: ajudar as crianças a restabelecer-se para melhorar o seu sucesso escolar.

O projeto da colónia de férias de Alcoutim terminou com o final do mandato do presidente da Câmara Artur de Moura, pai de Celina Arroz, mas a memória de “um momento feliz” e de um “projeto comunitário inovador” está agora registada em livro.

Deixar uma resposta

Share This