Sines: Sines debateu a dinamização do cluster do mar

0

Debater a necessidade de criar valor a partir do mar para beneficiar a região e impulsionar o cluster do mar a nível nacional, foi o grande objectivo do “Tech Sines ’16 – Por Novos Mares – Jornadas da Economia do Mar”.

As Jornadas da Economia do Mar, uma iniciativa do Sines Tecnopolo presidido pela Câmara Municipal de Sines e com a colaboração do Porto de Sines, decorreram de 08 a 10 de julho. O evento incluiu uma Conferência, uma Feira do Mar, na Avenida Vasco da Gama, um concurso de embarcações sustentáveis, o Aporvela Project Race, e um conjunto de atividades que reuniram, na cidade, diferentes stakeholders ligados à Economia do Mar.

Na conferência, realizada no auditório da APS, debateu-se o contributo dos diferentes agentes na identificação das principais oportunidades no que respeita à temática da economia do mar e assistiu-se à partilha de competências e experiências entre os vários intervenientes.

A produção de algas e a sua introdução na alimentação, a existência de produtos inovadores que combatam a sazonalidade dos setores ligados ao sol e ao mar, a aquacultura, a promoção do turismo e dos desportos náuticos, a valorização dos recursos naturais e a colaboração intermunicipal foram alguns dos temas debatidos no auditório do Porto de Sines.

Foram ainda apresentados no encontro, três casos de sucesso empresarial na área da Economia do Mar, a Team Work Technology, de energias renováveis, o Cabaz do Mar, projeto de valorização do pescado e promoção da identidade das comunidades piscatórias e a Alga Plus.

No final do dia foi feita a abertura oficial da Feira do Mar, na Avenida Vasco da Gama, que incluiu a demonstração de atividades e produtos inovadores do mar e que contou com diversos expositores do setor.

O 2º dia das Jornadas da Economia do Mar incluiu uma visita ao Porto de Sines por terra e mar e uma sessão de roundtables, dinamizadas pelo Turismo do Alentejo – ERT, Aporvela, EDP Inovação, AICEP Global Parques, Alga Plus, APS, FOR-MAR, Ciência Viva e o Sines Tecnopolo, que decorreu no edifício da Academia do Mar e Energias no Sines Tecnopolo, em Sines.

Para a organização, este evento, que se pretende o primeiro de várias edições neste formato e com esta dimensão, será parte do contributo deste território e dos seus agentes para a concretização de um desígnio nacional, com o objectivo de explorar o presente e o futuro da Economia do Mar, não só na região, mas também no país.

Deixar uma resposta

Share This