União de Santiago do Cacém ambiciona conquistar a Taça da Associação de Futebol de Setúbal

0

Vítor Louricho, presidente do União de Santiago do Cacém, em declarações ao site da A.F. de Setúbal dá voz à confiança em nome do emblema unionista que vai apresentar, pela primeira vez, a sua equipa de futebol sénior numa final da Taça AFS “Joaquim José Sousa Marques”.

A conquista do troféu, no final do jogo deste sábado, partida que começa às 16 horas, no Estádio do Bonfim, é uma ambição bem real do líder diretivo do histórico clube de Santiago do Cacém, que não esquece o facto de a sua equipa já ter batido o pé aos barreirenses esta época.

A concretizar-se o desejo, Vítor Louricho, que lidera o elenco diretivo do União SC há sete anos, garante que será o resultado de uma época cuja imagem reflete um bom desempenho de todos os que fazem parte da família santiaguense e que embelezará o palmarés de um clube que tem vindo a reforçar as suas capacidades.

Apoio não vai faltar à equipa do União, uma vez que o presidente do emblema garante que a aquisição de ingressos para o jogo da final da Taça AFS “Joaquim José Sousa Marques”, está a decorrer a bom ritmo, o que deixa antever uma romaria em festa até Setúbal.

O que representa para o seu clube estar na final da Taça AFS?
Vítor Louricho – Representa a imagem de uma época positiva, que resulta do bom desempenho de todos quantos contribuíram para esta presença assinalável, que é a oportunidade de disputar uma final e a respetiva conquista de um troféu prestigiante.

Esta final é, portanto, um prémio para o plantel?
É, naturalmente. Não só para o plantel, como também para os dirigentes e para todos os adeptos e associados do clube e extensível a toda a população de Santiago do Cacém.

Espera muitos adeptos do seu clube na final de Setúbal? Como está a ser feita a mobilização dos adeptos ao Bonfim?
Sem dúvida, que vão estar muitos adeptos a apoiar a nossa equipa. A expetativa é alta e vamos ter, garantidamente, centenas de apoiantes em Setúbal. A maioria já adquiriu os ingressos para o jogo, mas fruto da campanha de comunicação que temos vindo a dinamizar, e da boa adesão que estamos a registar na nossa bilheteira, admito que ainda vamos aumentar a nossa representatividade nas bancadas do estádio.

Que importância tem o facto de a final ser discutida num estádio histórico como é o Bonfim?
Disputar este troféu já é, por si só, muito relevante. Depois o palco do jogo ser num estádio como é o Bonfim acrescenta uma expressão ainda maior ao evento. Será, com certeza, uma oportunidade única para muitos dos nossos jogadores terem o privilégio de atuar num relvado com tanta história no futebol.

A presença nesta final é o feito mais importante desde que lidera os destinos do clube? 
Considero que é mais um feito de grande importância. É, naturalmente, marcante, tal como foi a subida da equipa à I divisão distrital, as conquistas de títulos na formação, o reforço das condições de trabalho em nome dos atletas, o melhoramento das infraestruturas…
Todavia, a nível competitivo, esta inédita presença na final da Taça AFS “Joaquim José Sousa Marques” assume uma projeção muito assinalável, que muito nos orgulha.

E o clube segue a participar na Prova Rainha… Qual a importância de uma participação na Taça de Portugal na próxima época?
O nome Taça de Portugal é desde logo representativo da relevância que essa prova encerra para quem nela participa. Para o União Sport Club, com a dimensão que tem, a importância é, claramente, acrescida. O estarmos presentes e poder desfrutar desse momento [n.d.r: a última presença do clube na Taça de Portugal foi registada na I eliminatória, na época 2004/05], representa um conjunto de factores muito interessantes sob o ponto de vista de um encaixe financeiro extraordinário, revestido de grande prestígio competitivo.

Se a equipa do União SC vencer, conquista o troféu associativo pela primeira vez… 
Todos os troféus conquistados têm grande importância e são motivo de orgulho para os associados, adeptos e para a instituição. A Taça AFS “Joaquim José Sousa Marques” é uma que nunca tivemos a oportunidade de erguer, pelo que será muito entusiasmante poder conquista-la e ver aumentado o nosso palmarés, com um troféu de grande prestígio.
Estamos muito motivados em conseguir vencer, sabendo, contudo, que vamos ter pela frente um oponente, que reconhecemos, de grande qualidade.
A equipa do Barreirense concorreu connosco no mesmo campeonato, a qual conseguimos vencer por uma ocasião e ficou muito melhor classificada do que nós no campeonato, mas esta é uma final, de uma prova diferente.

Na disputa do troféu, vão estar as duas melhores equipas da presente edição da taça associativa, ambas com a possibilidade de vencer.
Pela nossa parte, ambicionamos muito poder entregar a Taça AFS aos nossos adeptos.

Que mensagem gostaria de deixar aos adeptos do seu clube?
Aos que nos acompanham e apoiam regularmente, endereço renovados agradecimentos por voltarem a estar connosco em mais este momento em nome do União, bem como agradeço, desde já, a todos aqueles que vão igualmente viajar até Setúbal, e que apesar de não terem a possibilidade de estarem perto da equipa tantas vezes quanto desejam, vão reforçar, a uma só voz, o fundamental apoio à nossa equipa. Estou certo que vai imperar um clima de festa e de fair play, entre todos os participantes no evento.

Qual o resultado que antevê?
Desejo um triunfo para o União. 2-1, pode ser o desfecho.

 

Fonte: Texto e foto A.F. Setúbal

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This