Vitima mortal do acidente na mina de Aljustrel era de Ermidas Sado

0

A vitima mortal do acidente ocorrido ontem nas minas de Aljustrel era natural de Ermidas Sado, no concelho de Santiago do Cacém.

Joaquim Guerreiro e João Negra tinham acabado de reparar a máquina de perfuração que tinha avariado no piso 310 das minas de Aljustrel e estavam a fazer marcha-atrás para regressar à superfície quando a carrinha onde seguiam caiu num fosso com uma profundidade entre 30 a 40 metros.

Joaquim Guerreiro, de 46 anos, natural de Ermidas Sado, teve morte imediata. Deixa três filhos, de 12, 18 e 26 anos. João Negra, também mecânico, de 25 anos, natural de Ervidel, Aljustrel, ficou em estado grave e foi transportado para a urgência para o Hospital Distrital de Beja.

O alerta foi dado cerca das 11h05 e a carrinha onde seguiam os mecânicos pertencia à empresa EPDM – Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro.

A Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) já anunciou a abertura de um inquérito, tal como a Almina, concessionária do complexo mineiro, e a EPDM, empregadora dos mecânicos.

Fonte: CM

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This